20 de maio de 2012

Manhã de autógrafo do escritor Maicon Tenfen.

Queridos amigos,  estive em Blumenau ( S.C.) para prestigiar o escritor Maicon Tenfen, (meu professor de Literatura Brasileira) na manhã de autógrafos do seu novo livro de crônicas: Ler é uma Droga.

Compareci ao evento acompanhada da minha amiga Cleide do blog: http://palavrasaventureiras.blogspot.com.br/

Maicon Tenfen e Marli Carmen


Sinopse: Às vezes, a leitura pode ser um poderoso obstáculo ao acúmulo de riquezas materiais. Quem lê fica mais politizado, é fato, fica mais consciente do seu papel na sociedade. Em compensação, começa a valorizar aspectos da vida que jamais passariam pela cabeça de um sujeito puramente preocupado em adquirir um carro do ano e um apartamento na praia. Ler é bom, mas também é ruim; é libertação, mas também é o canto escuro do calabouço; é a conquista da verdade, mas quase sempre de uma verdade dura que, em vez de consolo, traz mais inquietude para as nossas vidas. Ler é uma droga, pronto. Um prazeroso vício que nos rouba tempo e sossego, que pode nos jogar na sarjeta, no fundo do poço. Tá a fim?

Maicon Tenfen e Cleide Pisetta

Vou colocar aqui uma das crônicas que há no livro:

LER DÁ LUCRO?

Ler é uma atividade necessariamente ligada à ascensão social? Óbvio que não. Aliás, este é um dos grandes mitos semeados nas entrelinhas das campanhas institucionais que promovem o hábito da leitura. Calma lá!, dirão vocês. Muitas pessoas bem sucedidas em termos de finanças são apegadas aos livros e à reflexão. Certo, respondo eu. Mas muitas outras, a maioria, não são. Olhem ao redor. Ricos ignorantes e orgulhosos dos próprios preconceitos é que não faltam por aí.
Às vezes, tenho impressão de que a leitura pode ser um poderoso obstáculo ao acúmulo de riquezas materiais. Quem lê fica mais politizado, é fato, fica mais consciente do seu papel na sociedade. Em compensação, começa a valorizar aspectos da vida que jamais passariam pela cabeça de um sujeito puramente preocupado em adquirir um carro do ano e um apartamento na praia.
Como já escrevi em outras ocasiões, ler é bom, mas também é ruim; é libertação, mas também é o canto escuro do calabouço; é a conquista da verdade, mas quase sempre de uma verdade dura que, em vez de consolo, traz mais inquietude para as nossas vidas.
Ler é uma droga, pronto, falei de novo, um prazeroso vício que nos rouba tempo e sossego, que pode nos jogar na sarjeta, no fundo do poço. Tá a fim? Então venha, sou um traficante camarada, nada cobro e nada exijo das minhas vítimas. Mas aviso que essa viagem não tem volta. Prepare-se para entregar a alma. É o mínimo que os livros, se lidos corretamente, exigirão de você.
Bem, até aqui fui filosófico. Chegou a hora do pragmatismo. Existem CASOS ESPECÍFICOS em que conhecer livros significa, sim, ganhar dinheiro. Conto uma historinha para exemplificar. Faz uns dez anos, um vendedor de bugigangas do Rio de Janeiro comprou de uma velhinha, pela bagatela de 50 centavos, um livrinho todo antigo e rasurado.
O vendedor já havia se arrependido – quem ia querer comprar um livro, ainda mais velho daquele jeito? – quando revendeu a mercadoria a um professor de português. O preço foi 1 real. O dobro, certo? Certo, mas qual não foi a surpresa do negociante ao saber que, no dia seguinte, o professor comercializou o mesmo livrinho por 2 mil reais!?
Como explicar o fenômeno? Simples: o livro se chamava A Cinza das Horas, era um raríssimo exemplar da primeira edição do primeiro título de Manuel Bandeira, um dos maiores poetas brasileiros de todos os tempos. Repito que ler não dá lucro, mas conhecer os clássicos pode nos impedir de perder dinheiro, e muito.
Postado por Maicon Tenfen, republicando.

26 comentários:

  1. kkkk Adoreii a crônica. O livro deve ser muito bom. Gostei das fotos e curto bastante eventos assim.
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paloma, o livro é MARAVILHOSO....nossa, vc ri muuuuito..e quer ler uma, duas, três vezes...eu amei!!!!
      Beijinhos

      Excluir
  2. adoro... eu adoro adoro adoro.... o maicon pra mim é um mestre, adorava as aulas dele, ainda bem que tive o prazer de conhece-lo nas aulas, ele é otimo
    agora, estou louca pra ler o livro, claro. ler é realmente uma droga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabi...o Maicon é um professor muito legal!!!
      Muito bom conhecê-lo!
      Beijinhos, linda.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Oi, Simone.
      Saudade de vc, minha linda....logo, logo terei mais tempo para me alegrar com suas poesias...beijinhos no coração, amiga.

      Excluir
  4. Oi!
    Sou louco para ir a um evento assim. E adorei a crônica.
    O livro parece ser ótimo.
    Sucesso pra ele!
    Abraço...

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro.
      Eu também adorei a crônica...aliás... o livro é super bacana...gosto muito do escritor Maicon Tenfen.
      Beijocas para vc, querido.

      Excluir
  5. Que legal Marli! O evento deve ter sido ótimo! Sucesso para o autor! Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa.
      Sim, foi ótimo....o autor é super atencioso com todos!!
      Uma simpatia.
      Beijinhos, linda.

      Excluir
  6. Boa tarde Marli,

    Esse evento deve ter sido muito legal, muito bom conhecer outros autores...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marco.
      Com certeza vc iria gostar de estar lá...quando puder dê uma chance...acredito que vc irá gostar da escrita do autor.
      Beijinhos

      Excluir
  7. Li no Jornal de Santa Catarina sobre o livro dele. Muito sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Helana..eu vi no Jornal do Santa online..e a foto que está lá é uma representação da capa do livro...legal, né?
      Prestigiando os escritores nacionais!!!!
      Maravilha!!
      Beijinhos

      Excluir
  8. Respostas
    1. Muuuuuuuuuuuuuuuuuito legal....amei demais!!! Beijinhos no coração, flor.

      Excluir
  9. Tema muito interessante para um livro, Marli. Seu professor foi muito feliz e desejo a ele muito sucesso.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paul.
      Muito obrigada por suas palavras.
      Um beijo no coração.

      Excluir
  10. Nossa ameiiii a crônica....só por ela se eu estivesse lá tinha comprado o livro....\o/...onde vai ter sorteio dele que eu queroooo....nossa Parabéns ao autor...\o/....crônicas tem me encantado mais que contos...rsrs...uau...adorei as fotos e o post...\o/...beijokas elis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elis.
      Fico muuuito feliz por saber que vc gostou...o autor é maravilhoso!!!
      Infelizmente, não haverá sorteio...apenas comprei um exemplar.... mimimimi....
      Um beijinho para você, amiga!

      Excluir
  11. O livro parece ser ótimo!
    Parabéns ao autor!

    PS.: Desculpe se ando um pouco ausente, mas estou tendo que resolver algumas coisas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mia...o livro é maravilhoso...super recomendo! Bjs

      Excluir
  12. Nossa Marli, fiquei super curiosa para ler o livro! *-*
    Título super criativo! Parabéns ao autor e à você, por divulgar a obra!

    Beijos,
    Gaby
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Marli!
    O livro deve ser interessante por demais. Nos faz refletir sobre a leitura.
    E que bom que pode ir dar uma força a um novo escritor nacional.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e por seu comentário!

Beijinhos!

© M.C. JACHNKEE. Powered by Blogger :: Voltar ao topo imagem-logo